Um sonho de Vida ♣ Resenha

13:37

Trilogia dos Sonhos #02

Caros Leitores
uma das vantagens de ser uma escritora é tornar-me - pelo menos durante o tempo necessário para escrever o livro - outra pessoa.
Para escrever bem, é preciso entrar na pele e personalidade da personagem. Em Um Sonho de Amor, consegui tornar-me a fascinante, encantadora e corajosa Margo Sullivan. Foi uma experiência agradável.

Em Um Sonho de Vida, o segundo livro da minha Trilogia do Sonho, tornei-me Kate Powell. Órfã aos oito anos, Kate foi criada pelos Templeton, e jurou que nunca os desapontaria. Ela é inteligente, perceptiva, irrequieta e ousada, com uma boa cabeça para cálculos. Como eu era péssima a Matemática na escola secundária, foi bastante emocionante para mim.
Gostei de focalizar a Kate nesta história, explorando o seu coração e a sua mente, ao mesmo tempo que continuava a desenvolver o relacionamento íntimo e afectuoso entre ela, Margo e Laura. Gostei de observá-la tendo uma participação mais ativa na direção da Pretenses, a loja incomparável que as três irmãs de coração criaram. E, como não podia deixar de ser, gostei dos passos e estádios do seu romance com o belo hoteleiro Byron De Witt. Aí está um homem, na minha opinião, que pode fazer com que até a pragmática Kate esqueça que dois e dois são quatro.
Espero que gostem, tal como eu gostei, de acompanhar a vida da Kate, à medida que as suas necessidades se vão alterando e transformando, enquanto ela se debate com a perda de um sonho e o início de outro.
Nora Roberts
Na história anterior vimos, Kate apoiar a Margo e depois a Laura em seus dramas pessoais. Entrar com elas como sócia na criação da Pretenses e ajuda-las a tornar a loja um projeto viável e funcional.

“- Esse é o seu problema. – Laura, pequena, delicada e furiosa, também se levantou. – Tudo tem que estar em ordem, impecavelmente no mundo, no mundo de Kate. Mas a vida é confusa e complicada. ”

Porem agora, seu mundo tão habilmente traçado, planejado e construído ameaçava ruir. Kate acaba de descobrir algo que abala suas poucas certezas a respeito de seu passado. E se isso não fosse suficiente, um duro golpe em sua carreira e a suspeita sobre sua credibilidade terminam por abala-la.
Porém Kate não reage, e isso cobra um preço alto demais até para ela.  E além dessas descobertas acompanhar o momento em que ela não consegue esconder-se dos problemas simplesmente acreditando que os ignorar seria solução suficiente para faze-los desaparecer, temos garantia de uma leitura prazerosa.

“ - É verdade, sentimos pena da menina que perdera os pais de forma tão trágica, brutal e injusta. Nossos corações se confrangeram pela criança que pareceria tão perdida e corajosa. Mas vou lhe dizer uma coisa, Katherine Louise Powell: no instante em que passou pela porta da Templeton House, você se tornou nossa. Isso mesmo, nossa. ”

Kate Powell, não adotou o nome dos seus tios e pais adotivos. Isso poderia ser significativo e abrir portas, pela importância do nome Templeton. Porém Kate é dessas pessoas que não escolhem os caminhos mais curtos e preferem suas realizações apenas por seu próprio mérito.
Diferente de Margo que sonhava demais, Kate não sonha. Traça metas e objetivos e planeja a melhora forma de alcança-los através de esforço, inteligência e determinação.
A grande questão para Kate agora é o que fazer, quando o plano mais concreto e arduamente traçado para sua vida é simplesmente tirado de suas mãos e seus esforços parecem inúteis. Diferente de Margo, nesse momento de sua vida Kate precisa aprender a sonhar, lidar com as situações que fogem a seu controle e encontrar um novo plano de vida.

 “- Eu pretendia evitar homens como você, Byron, num nível pessoal. Deveria ser uma espécie de princípio, uma norma de comportamento. Gosto muito de princípios e normas. ”

Talvez nesse momento confuso e instável ela não precise de mais complicações, mas como diz o ditado popular “os opostos se atraem e os dispostos se distraem”.

Byron De Witt, é um hoteleiro por escolha própria, vindo de uma família “Sulista” e de renome, com pais médicos. Ele vai para Monterey em busca do desafio de substituir o ex-marido de Laura na administração dos empreendimentos Templeton ali, liberando Josh para voltar a seu posto e suas funções.

“A dívida nacional nunca seria paga, as mulheres em finos vestidos de algodão eram a melhor razão para o Verão, o rock 'n' mil viera para ficar, e Katherine Powell não era do seu tipo. ”

Não é a beleza de Kate que atrai Byron, ela também não pode ser classificada como uma “mocinha indefesa”. Mas tudo nela desperta seu lado protetor, de cavaleiro. Aqui algo que me chamou muito a atenção é que a personagem é uma das que mais lembram a própria Nora fisicamente.

“Byron Decidiu que era mais simples não deixá-la terminar. Kate era capaz de argumentar com os mortos. Beijou-a na boca, um mero sussurro de pressão e promessa. ”

Os cuidados de Byron e as descobertas e novas necessidades de Kate abre um caminho de possibilidades para ambos, e a leitura das páginas que contam essa história são deliciosas porque nada é óbvio e tranquilo entre esses dois.

A loja Pretenses, salvou a Margo, seu orgulho e sua vida. E volta a ser protagonista aqui, dando a Kate um novo “norte” um novo propósito. Eu fiquei me perguntando se junto a isso não nasceu também um senso de realização, cabe agora a você durante sua leitura chegar a mesma conclusão que eu.

Estou realmente ansiosa pela próxima história, por todas as respostas que promete trazer. O fim do mistério do dote da jovem Serafina e um pouco mais sobre Kate, Margo e Laura.
Sláinte, Elisabete


Conteúdos Especiais

Resenha dos outros livros:  Um sonho de Amor  ||  Um sonho de Esperança

Sobre o Livro ~ Informações Técnicas

Um sonho de Vida
Trilogia do Sonho #01
Título original: Holding the Dream
Páginas: 350
Ano de edição: 2010
Tradução: A. B. Pinheiro
ISBN-13: 9788528607338
ISBN-10: 852860733X
Editora: Bertrand Brasil
Nota: 

Um Sonho de Vida fascina o leitor pela narrativa cativante e diálogos insolentes das personagens criadas pelo talento incomparável de Nora Roberts.
Neste volume, a personagem central é Kate Powell, garota adotada pela família Templeton desde que seus pais morreram, e que adora a família e sua vida na Templeton House. Embora não sendo bonita como Margo, nem delicada como Laura, Kate torna-se uma profissional de sucesso.
Sua vida é totalmente voltada para o trabalho, e sua cabeça, excelente para os negócios. Seu objetivo maior é ser sócia do escritório de contabilidade em que trabalha, para provar aos tios seu real valor. Mas um fracasso profissional faz com que Kate repense seus valores e descubra que falta algo em sua vida e em seu coração.
Um Sonho de Vida mostra a paixão de Nora Roberts por suas personagens e sua apurada capacidade de revelar toda a força do universo feminino.

Você pode gostar de ler

0 comentários

♣ Leitores ♣

♣ Popular Posts

Fique sempre atualizado!

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner