Um Amor a Defender ♣ Resenha

12:21


Bom, chegamos ao terceiro livro da série Os Stanislaski – Um amor a defender, que nos conta a história da Rachel e mais uma vez a Nora nos leva a uma história linda, com personagens maravilhosos e é lógico com aquela pequena continuação das histórias anteriores, afinal, a vida continua. Esta história também se passar em Nova York, uma cidade cheia de vida como os nossos protagonistas.


Rachel Stanislaski é a caçula da família e também a única nascida em solo americano. Devido a todo o passado de sua família, se formou em advocacia e tornou-se defensora pública, afinal ela ama lutar pela justiça. Quando ele recebe o caso para defender um jovem de 19 anos, Nicholas LeBeck, preso por seu irmão Alex ao roubar uma loja de eletrônicos, ele vê sua vida sofrer um giro de 360º, pois a juíza determina que a mesma terá que ser co-tutora do Nick, juntamente com o meio irmão dele, um grosseirão que tem um corpo de tirar o fôlego, rsrsrsr e prestar relatórios regulares a justiça. Como ela irá conseguir lidar com estes dois e seguir com sua vida cotidiana?

“- Acho que me ressinto por não pertencer aos dois lados. Eles nunca se esqueceram da experiência do gosto da liberdade pela primeira vez. Eu nunca conheci nada além da liberdade. Liberdade e justiça andam de mãos dadas. ”

Zackary Muldoon é um irlandês (sangue bom, rsrsrs) ex-mariner, que voltou para casa para cuidar de seu pai que estava doente e assumir o bar da família, de quebra também tinha que ficar de olho na vida de seu irmão de criação o Nick, porém ele nunca poderia imaginar que ele estivesse metido com gangue após a morte de seu pai e tirei que livrá-lo da prisão. Seu primeiro encontro com a Rachel não foi nada promissor, afinal, o que uma mulher linda como ele estava fazendo trabalhando como defensora pública, será mesmo que iria se dedicar a tirar o seu irmão da prisão? Sua opinião muda logo no início, mas o que fazer com o desejo por ela que só cresce? E como manter seu irmão longe de problemas e se tornar seu amigo novamente?

O amor não tinha a menor lógica. Não seguia linhas retas ou obedecia a um alista de prioridades. Apesar de tudo, em questão de dias, o laço a uni-los se partiria. Iriam ao tribunal e tudo ficaria resolvido de um jeito ou de outro. ”

Mas uma vez podemos ver através da leitura como uma família pode ser composta por pessoas que não compartilham o sangue, mas compartilham o vínculo do amor e da amizade e que o amor quando estendido a outros pode transformar qualquer triste realidade, o fato da Nora não deixar de lado o restante da família Stanislaski na história também faz toda diferença para termos uma história linda e emocionante para ler, num livro de quase 300 páginas, porém com uma impressão de letra num tamanho grande, por isso você lê bem rápido e sem cansar. Vale destacar que esta história é a introdução do quinto livro desta série. Dou nota 4/5.

Boa leitura,


Sobre o Livro ~ Informações Técnicas

Um Amor a Defender
Os Stanislaski #03
Título original: Falling for Rachel
Páginas: 302
Ano de edição: 2008
Tradução: Maria de Fátima O. Do Coutto.
ISBN-13: 9788576875611
ISBN-10: 8576875616
Editora:  Harlequin Books
Nota: 

Ele era grosseiro, impaciente e, assim ela suspeitava, potencialmente violento. Por princípio, ele a irritava. Mas, num nível mais profundo e recôndito, as mesmas coisas que lhe causavam irritação acendiam pequenas chamas que Rachel só conseguia descrever como pura luxúria.
Tentara reprimi-las lembrando a si mesma de que não era dada à lascívia. Apaixonada, sim. Quando se tratava de seu trabalho, sua família e suas ambições. Mas homes? Embora apreciasse a companhia e a masculinidade, os homens jamais haviam constado em sua lista de prioridades.
Afinal quem era Zachary Muldoon? Não seria melhor que ela continuasse sem saber?


Você pode gostar de ler

0 comentários

♣ Leitores ♣

♣ Popular Posts

Fique sempre atualizado!

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner