Um Amor a Conquistar ♣ Resenha

12:34

Serie Os Stanislaskis #02

Se você deseja um crush literário, o personagem deste livro é uma ótima pedida, “Um Amor a Conquistar” é o segundo livro da série Os Stanislaski e te convido a conhecer um pouco mais deste lindo romance que se passa na cidade de Nova York.


Mikhail Stanislaski é um ucraniano com ares de pirata que desde muito cedo sempre teve talento para trabalhar com madeira e transformou sua profissão de carpinteiro em arte e apesar de finalmente ter alcançado o sucesso como artista plástico e ganhando um bom dinheiro, continua morando em um apartamento de baixa renda em um prédio no Soho, pois valoriza suas raízes e seus vizinhos, por mais dinheiro que ganhe, nunca esqueceria de onde veio.

A história começa quando o Mikhail, como representante dos moradores do prédio, resolve ir pessoalmente até a corporação Hayward brigar pela falta de respostas as suas reclamações pela falta de manutenção do prédio. Curioso é que a primeira vez que li esta história fiquei impressionada com o modo de funcionar o aluguel de um apartamento nos Estados Unidos, a diferença para como o Brasil é gritante. Mikhail nunca poderia imaginar o que iria acontecer na sua vida a partir deste momento.

“O choque inicial nada tinha a ver com o fato de ele ser incrivelmente bonito, embora o adjetivo lhe caísse com perfeição. Uma cabeleira preta, farta e encaracolada descia logo abaixo da nuca, presa com uma faixa de couro num rabo-de-cavalo curto que não comprometia em nada a exuberante masculinidade. O rosto era magro e fino, a pele da cor de uma moeda de ouro antiga. Olhos puxados, quase tão negros quanto o cabelo. Os lábios carnudos, com uma sombra de barba por fazer de um ou dois dias, davam-lhe uma aparência bruta e perigosa. ”

Sydney Hayward ficou impressionada com a visão deste homem que irrompeu no seu escritório, este era só mais um problema a enfrentar nesta nova fase de sua vida. Sydney foi criada para ser uma patricinha de Nova York, porém este nunca foi seu real sonho e depois de fracassar com seu casamento decide fazer algo importante da sua vida ao herdar toda a fortuna de sua família com a morte de seu avô; assim assume a presidência da corporação, porém ninguém acreditava que ela realmente fosse trabalhar na empresa e ela mais que tudo deseja provar que estão enganados a seu respeito e pretende provar o seu valor.

“O cabelo ruivo, preso com uma fivela dourada, deixava a nuca exposta. As sardas, combinando com o cabelo, eram quase invisíveis debaixo da leve camada de maquilagem. Sydney achava que as sardas a faziam parecer muito jovem e vulnerável. Aos 28 anos, o rosto era reflexo de sua origem. Maçãs do rosto grandes e salientes, queixo forte e ligeiramente pontudo, nariz pequeno e reto. Um rosto aristocrático, pálido como porcelana; uma boca delicada, que sabia demonstrar aborrecimento com facilidade, e grandes olhos azul-acinzentados que, com frequência, as pessoas tomavam por ingênuos. ”

Eles são opostos em tudo, desde a personalidade ao modo de viver, porém as faíscas entre os dois literalmente estala após este primeiro encontro. Ela decidiu então fazer uma visita ao prédio e verificar como os próprios olhos se tudo o que Mikhail reclamou é verdadeiro e depois de mais um discursão com ele, acaba o contratando como carpinteiro e empreiteiro responsável por toda a reforma do prédio. Esta situação fará com que o fogo realmente se estale entre os dois.

Uma coisa que eu gosto bastante nesta história, além da família Stanislaski ser maravilhosa, e os personagens secundários que a Nora cria ter personalidades tão reais, que nos deixa com o pensamento que esta história pode ter realmente acontecido, é a técnica que a Sydney tem no escritório para se acalmar e não deixar que os outros percebam que a atingiram.

“Quando a porta bateu, ela pegou o telefone. Mas a mão tremia e ela colocou-o no gancho. Pegou um clipe e o deformou. Em seguida, um segundo, um terceiro. Graças aos clipes e às duas folhas de papel picadas em pedacinhos, sentiu a raiva diminuir. ”

Temos então neste segundo livro, um lindo romance, com bastante drama, mas que torna a história bem mais interessante e como não poderia deixar de ser, aquele humor maravilhoso que a Nora sabe colocar para dar aquela leveza especial na história. Dou nota 4/5 e recomendo muito a leitura para quem curte esta linha de romance.

Boa Leitura,


~. Conteúdos Especiais
Próximas Resenhas da Série::

Sobre o Livro ~ Informações Técnicas

Um Amor a Conquistar
Família Stanislaski # 02*
Título original: Luring a lady
Páginas: 310
Ano de edição: 2007
Tradução:
ISBN-13: 9788576875178
ISBN-10: 8576875179
Editora: Harlequin Books
Nota: 

Sinopse
Esperava-se que Sydney Hayward, herdeira de um vasto império do setor de construções de Nova York, ocupasse seu tempo fazendo compras, indo ao salão, agarrando um bom partido. Porém, com o fracasso de seu casamento, ela passara a desejar muito mais do que a vida de uma garota rica nascida e criada no uptown de Manhattan. Após a morte do avô, Sydney assume a presidência da Hayward, contrariando as expectativas de seus amigos e, principalmente, de sua mãe.

Mikhail Stanislaski era rude e primitivo, como suas esculturas. Tal qual uma peça de cerejeira trabalhada, ele também possuía reentrâncias e ranhuras. E um homem como ele deveria ser preso, pensava Sydney. Mas ele é morador de um prédio caindo aos pedaços por negligência da Hayward. Depois de muitas cartas pedindo reparos urgentes, Mikhail decide resolver a questão pessoalmente. E acaba encontrando à mesa de um glamouroso escritório, comandando um império e tomando decisões ousadas uma linda mulher... que, na opinião dele, precisava ser beijada com urgência.


Segura de que estava pronta para enfrentar complicações corporativas, Sydney não esperava ter de lidar com um homem tão teimoso quando enigmático e charmoso. E Mikhail Stanislaski, com seus olhos de pirata e personalidade marcante, era definitivamente uma complicação. Ignorando ser ele um artista de sucesso, ela o contrata para trabalhar nos reparos do prédio. Melhor assim, avalia Mikhail. Isso o ajudaria a não pensar nela em termos pessoais - pelo menos até conseguir o que queria...
_______________
* Faremos as publicações na ordem em que foram feitas pela Nora, seguindo de 1 a 6.

Você pode gostar de ler

11 comentários

  1. Eita menina! eu coleciono crush! hahaha
    Já quero esse pra mim!
    A Nora sabe construir esse tipo de relação e todos os personagens sempre tem sua importancia né?!
    Maravilhoso!

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha! Afinal sou apaixonada pir histórias de amor ❤️ e se tem muita antipatia entre o casal protagonista para dificultar o romance, melhor ainda. Outro ponto positivo é se passar em Nova York, a trama se torna ainda mais deliciosa, amo a atemporalidade da cidade!
    Parabéns, amei.

    ResponderExcluir
  3. Oieee, já quero conhecer o o Mikhail, adoro um crush.
    tou adorando conhecer os livros da Nora aqui no seu cantinho. Um dia vou tomar coragem e ler os que tenho.
    Sua resenha como sempre maravilhosa, achei demais esse quotes que só nos deixam na vontade, bjocas e até a próxima.

    ResponderExcluir
  4. Que lindooo! Mais uma resenha apaixonante! Mikhail sem dúvidas parece um daqueles mocinhos que a gente ama, desapegado de bens materiais, que só procura ser feliz (me lembrou o Delaney de noites de tentação ) que é cabeça dura demais... sem dúvidas tenho certeza que o desfecho dessa leitura deve ser emocionante, o romance deve ser cativante do jeito que amo!
    Amei a resenha, como sempre está bem rica em detalhes <3 <3 Beijão

    ResponderExcluir
  5. Olá! Tudo bem??
    Eu sou completamente apaixonada por Nora Roberts! Os livros dela são épicos! Sou uma fazona dela! Nem sei de essa palavra existe kkk 😂😂
    Amei a resenha, com certeza vou ler esse livro só por ser dessa divã que merece muito respeito por suas obras incríveis! Cada detalhe, ação e cena você colocou de forma convidativa e agradável! Amei do começo ao fim essa Resenha!
    Beijos 😘

    ResponderExcluir
  6. Olá!

    Uau, que resenha! Quanto mais venho aqui, mais me questiono sobre a escrita da Nora. Eu realmente já anotei várias dicas, mas é que ela parece transmitir algo mais real e único. Eu nunca imaginei um personagem ucraniano com ares de pirata em um livro. E tenho essa sensação de que os livros não são melosos e eu realmente prefiro assim. Vou pensar a respeito do crush literário hahaha

    Um beijo, Carol
    Blog com V.

    ResponderExcluir
  7. Mds, eu preciso ler pelo menos um livro dessa mulher... tem condição naõ... Adorei o post <3

    ResponderExcluir
  8. Oiii!!!
    Gosto muito de histórias onde as personagens são reais e os acontecimentos poderiam, facilmente, ter acontecido com um de nós. Parabéns pela resenha. Adorei!!!😙😙😙

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?

    Estou amando as dicas de livros da Nora aqui e já citei isso em toda resenha que comentei kkkkk, porém tenho que falar que já procurei os livros e a autora escreve muito bem e tem personagens bem descritos, fortes e interessantes...então só ótimas dicas sempre !

    ResponderExcluir
  10. Você acredita que eu não tenho nenhum crush literário?!! Rsrs
    Ou talvez "não tinha" Kkkkk
    Pois eu já me apaixonei nesse Ucraniano, estará
    Adorei esse história... Como sempre você arrasou na resenha!
    Super beijo linda!!

    www.lendo1bomlivro.com.br
    Instagram :) @lendo1bomlivro

    ResponderExcluir
  11. Eu adorei sua resenha. Parece que vai sair muita briga e depois muitos beijos hahaha. Espero que realmente traga um crush literário, porque preciso superar perdida.

    ResponderExcluir

♣ Leitores ♣

♣ Popular Posts

Fique sempre atualizado!

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner