Resenha ♣ A testemunha

17:12


A primeira coisa que me chamou atenção nesse livro foi o fato de ser volume único, serio, fazia algum tempo que só estavam relançando histórias ou lançamentos de trilogias/quartetos. 

Como sempre as sinopses dos livros da Nora no Brasil sempre deixam a desejar. (Ninguém merece) mas a despeito de tudo isso.. bom estamos falando de Nora então sim vou ler sem ficar impressionada como a sinopse.

Elizabeth Fitch
Uma experiência+Uma nerd devidamente educada+Uma adolescente. 
"— A independência vem aos poucos, assim como a responsabilidade e a liberdade de escolha. Você ainda precisa de orientação e de controle". 

Essa mistura resulta num único momento de rebeldia que vai alterar para sempre a vida de Elizabeth. Foi interessante ver alguns personagens de series que amo terem características em comuns com ela, a falta de traquejo social, o excesso de literatismo e a mente com memória eidética [i](erroneamente chamada de fotográficarendem boas risadas e uma empatia instantânea com ela... Eu fiquei triste pelo encontro dela com Julie revelar o passado dela e trazer a tona o que é se criada por uma pessoa fria e controladora como a mãe dela. E também foi legal acompanhar as aventuras dela com Julie até a ida a mansão em Lake Shore Drive, alterando para sempre sua vida e a de tantas outras a seu redor.


“Liz podia fazer, e faria, coisas que Elizabeth nunca havia imaginado. Liz ouvia Britney Spears e usava uma calça jeans que mostrava o umbigo. Liz ia com a amiga a boates no sábado à noite, dançava, ria e... flertava com garotos”

Pausa. No livro a mudança de tempo foi feita de uma forma que te deixa desesperado pra ler e descobrir o que ocorreu nesse meio tempo. Nesse ponto da história eu fiquei beirando o medo de não gostar e o de gostar mais ainda. Não houve decepção (só pra constar);

Abigail Lowery
"Ela tinha um jeito diferente de andar, sempre com um objetivo. Nunca passeava, caminhava ou vagava. (...). Ele gostava disso. Da objetividade, da rapidez. Achava que poderia gostar de mais coisas nela, mas a moça se mantinha tão isolada que fazia um eremita parecer alguém extremamente sociável"

Mudando de cenário estamos, no interior do Arkansas,com uma nova moradora Abigail Lowery, ela já está a algum tempo ali mas continua se mantendo reservada o que a torna uma desconhecida: Afinal já se passou um ano e nesse meio tempo sabe-se pouco, ou quase nada, sobre a moça. Esse fato é importante porque surge o chefe de polícia local, Brooks Gleason. Apesar de chefe de polícia de uma cidade pequena, logo fica claro que a mente afiada dele e o bom instinto que o levou a ser policial farão toda diferença.


"Inteligente e observador, pensou ela outra vez, xingando a si mesma por não ter levado uma arma menor.(...) Ele falava de forma simpática, paciente. Ela via aquilo como um talento, uma arma. " 

Com o decorrer da história a curiosidade de Gleason você descobre o que leva Abigail a ter construindo uma vida baseada em segurança e autocontrole, e o que a fará correr o risco de perder ambos. E foi aqui que bateu o medo de clichês. Sério a história tinha ficado tão maravilhosa que eu com medo do comum acontecer e estragar tudo. Mas Nora fez esse ser o segundo livro dela que mais amo depois da história de O Testamento. Nada haver de ser xará da personagem principal (rs)

Sobrevivente.
Essa palavra define a personagem desse livro. Ah mas ela não precisa de nenhum herói para salva-la. Uma das personagens mais destemidas criadas pela Nora, pelo fato de a personagem não precisar de proteção, mais aceitar a ajuda que lhe é oferecida, de ela ser uma mulher inteligente, forte e nada mimizenta.


"Ela era boa naquilo, observou Brooks. Abigail se misturou à multidão. Enquanto ele ziguezagueava entre ela e os agentes que a perseguiam, (...) Se não a estivesse observando e não soubesse do plano, não teria visto o movimento." 

Eu realmente esperei por clichês até o fim e eles não vieram (Nora é Diva) mas amei o final ser exatamente como a história pedia que fosse. E por isso eu fiquei triste por não ser parte de alguma história com outro livro...O final da história revela toda genialidade da Nora com humor e a dose certa de surpresa. Encontrar nosso lugar no mundo pode ser o ponto de partida para um começo de algo que vai durar.
Sláinte! Divirta-se!

 

Sobre o Livro ~ Informações Técnicas

A Testemunha
Título Original: The Witness
Número de Páginas: 476
Ano: 2005
Tradução: Carolina Selvatici 
ISBN-13: 9788528620344
ISBN-10: 8528620344
Editora: Bertrand Brasil
Nota: 💚

Paixões tórridas e suspense de primeira no novo livro da autora best-seller mundial
Fruto de uma inseminação artificial e criada por uma mãe fria e controladora, Elizabeth Fitch se deixa levar por uma noite. Depois de beber além da conta, ela se encanta por um homem galante e dono de um sedutor sotaque russo. Acompanhando a amiga Julie, segue rumo a uma linda mansão em Lake Shore Drive, ainda sem saber que o lugar alteraria para sempre sua vida. Doze anos mais tarde, no interior do Arkansas, uma nova moradora anda despertando a curiosidade da vizinhança. Abigail Lowery não é propriamente uma recém-chegada, mas continua sendo uma desconhecida: em um ano, sabe-se pouco, ou quase nada, sobre a moça. 
O mistério de Abigail Lowery e sua mente afiada, natureza secreta e filosofia de vida nada romântica intriga o chefe de polícia local, Brooks Gleason, tanto a nível pessoal quanto profissional. Mas enquanto suspeita que Abigail precisa de proteção contra algo, Gleason, acostumado a criminosos de segunda categoria, não faz ideia de que homens poderosos e perigosos o observam e mantêm sob sua mira. E Abigail Lowery, que construiu uma vida baseada em segurança e autocontrole, corre o risco de perder ambos.


[i] Memória eidética, popularmente conhecida como Memória fotográfica, é a capacidade de se lembrar de coisas ouvidas e vistas, com um nível de detalhe perfeito[1]. Eidética vêm do grego εἶδος ('eidos'), significa 'visto', e atualmente é usado para descrever algo marcado por ou envolvendo memórias extraordinariamente precisas e vívidas, especialmente as visuais.Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. (Redirecionado de Memória fotográfica)

~ Observações
A nota triste desse livro. A tradução ficou péssima em relação as outras. Eu não aconselho a compra dessa primeira edição. Sério ficou muito ruim. Mas a genialidade da história fez a leitura ter válido muito.  Aguardando uma edição revisada. 

Sério.. Em um certo momento o narrador passa de onipresente (como na maioria dos livros da Nora) para terceira pessoa de fato. Ai começa o festival de erros grotescos de tradução, sentido, concordância. Uma língua tão rica quanto a portuguesa ficou pobre pra dizer o mínimo na tradução dessa moça. Mas não atribuo isso somente a ela. Cadê o/a revisor(a) da Beltrand pra evitar isso. Um livro com preço de capa de R$ 45,00 deve um pouco mais de atenção e cuidado com isso. Numa demonstração de respeito pra quem ler e compra o livro físico.

Você pode gostar de ler

18 comentários

  1. Muito sucesso!!!😚😚😚😚
    Blog SWOW!!!!!😚😚😚😚😚

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha. Nunca li um livro da Nora, mas não tenho certeza se viu gostar. Quem sabe um dia. Parabéns pelo blog!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Descobri se gostamos ou não de uma história, é a maior aventura de ser ler. Afinal até mesmo um livro em que temos certeza que vamos gostar, pode ser uma decepção imensa. Espero que vc dê uma chance a Nora e se surpreenda com a escrita da Diva.

      Excluir
  3. E que genialidade!
    Amei, amei, amei!
    Parabéns de novo!
    Cada vez mais aumentando minha curiosidade sobre a Nora Roberts!

    Partes da Literatura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Toda curiosidade literária merece ser saciada!! Nora escreve pra todos os leitores e pra cada leitor tem um livro especial dela. Como disse no texto esse livro foi um lançamento que me surpreendeu demais!! E isso depois de ler outros 106 livros dela. ♥

      Excluir
  4. Olá,
    Acompanhar seu blog está aumentando a minha vontade de conhecer as obras da Nora.
    A história parece ser boa, e já gostei da personagem por see forte e determinada.
    Parabéns pela resenha! Adorei.

    Beijos,
    Ler Antes De Dormir

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é mesmo nossa meta!! Ajudar ao leitores a conhecer a escrita a Diva e vir pra o NoraWorlds conosco!! Como ainda temos muitos livros dela pra resenhar aqui (rs) esperamos que você encontre a história da Nora que conquiste seu ♥

      Excluir
  5. Arrasei, realmente tem livros que são pobres em questão de tradução. ..Não conheço muito bem os livros dela mas devem ser fantásticos .... Parabéns ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mesmo os problemas não diminuem a genealidade da história! E essa é uma heroína não uma mocinha!! Então espero que vc dê uma chance a história e também tenha uma leitura maravilhosa como eu!

      Excluir
  6. Olá.
    Nunca li nenhum livro da autora, mas suas resenhas estão me despertando interesses.
    Interessante a historia.
    Gostei da resenha.
    Beijos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ajudar ao leitores a conhecer a escrita a Diva é a nossa meta!!!! Esperamos que você encontre a história da Nora que conquiste seu ♥ continue conosco!

      Excluir
  7. Amei sua análise. Parece ser uma leitura bem agradável! Gostei muito dos personagens que você citou!
    Beijoss!
    Yasmim

    blog: http://literarte.blog.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é agradável.. essa é uma palavra muito leve pra essa história! É surpreendente!! Porque quando vc tem certeza que irá dar num clichê imenso, a Nora te leva pra um ponto da história longe do senso comum. Leia e entenda exatamente do que estou escrevendo aqui!!

      Excluir
  8. Agora que li alguns livros da Nora e gostei, quero ler outros, rs. Amei as personagens que você descreveu, fiquei curiosa para ler esse livro, já li quatro livros de romance da Nora, agora tenho que ler os outros gêneros que ela escreveu e acho que esse é um que posso ler. Mas vou esperar por outra edição, porque não gosto de quando os livros tem muitos erros, é um grande desrespeito para quem compra o livro e pelo jeito esse nem foi barato, né? E edições ruins, às vezes, acabam prejudicando no entendimento da obra, por mais boa que a história seja, o que é triste.

    Enfim, parabéns pela resenha, Elis!

    Bjo
    ~ Danii
    clubedofarol.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Danii!! Você deixou meu coração MUITO feliz, mais uma vez. A primeira foi com sua amizade a segunda foi por ler a Diva e por gostar.. afinal poderemos continuar nossa amizade!! Risos.
      Espero que sempre encontre seu próximo livro da Nora por aqui!! Slainté!!

      Excluir
  9. Adorei a genialidade dá história. Não é atoa que a Nora é uma das melhores autoras né! Baixei um livro dela para ler, por indicação sua. Estar acompanhando seu blog está me abrindo os olhos para novas leituras! Grande beijo linda!!!

    www.lendo1bomlivro.com.br
    Instagram :) @lendo1bomlivro

    ResponderExcluir
  10. Oi! Adorei a sua resenha, principalmente como citou o fato de o final ser como a história pedia e não um clichê, isso me anima nas leituras :D Fico triste que as sinopses não sejam tão convidativas nas traduções :(

    Um beijo, Carol
    Blog com V.

    ResponderExcluir

♣ Leitores ♣

♣ Popular Posts

Fique sempre atualizado!

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner